Mielomeningocele: um exemplo de superação

Quem já comprou o livro? Corre pra garantir o seu!
O link está abaixo, CORRE:
http://bit.ly/2VrEbLs

Adriana tinha 2 filhos, Izabely e Davi, e ter outra criança não estava nos planos do casal. Porém, aos 42 anos, Adriana acabou engravidando de outra menina. Devido a sua idade, foi uma gravidez de risco e nos primeiros exames ela descobriu que sua filha teria uma malformação congênita, chamada Mielomeningocele. Segundo os médicos, a menina não sobreviveria mais do que 12 horas e inclusive deram a opção do aborto. Mas Adriana queria conhecer sua filha, independente de como ela fosse e de quanto tempo viveria. Não percam essa incrível história de persistência.

Nos siga nas redes sociais:
instagram.com/amarmaternidade
facebook.com/amarmaternidade

Produção: @chadas5produtora⠀
Digital: @affariassessoria⠀

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *