Morte do filho com Síndrome de Fournier

Neste episódio do @amarmaternidade, conversamos com a Erica (@ericammedalha), que é mãe do Enzo (13 anos), Ettori (2 anos) e do eterno Enry.
A gestação de Enry foi tranquila, mas o parto foi estressante pois o médico responsável era rude e não orientou Érica da melhor maneira. O bebê demorou horas para nascer, mas estava saudável e no dia seguinte foi para casa.
Aos 5 meses, Enry teve uma diarréia descontrolada e foi imediatamente para o hospital. Antes de ter o diagnóstico correto, Erica sofreu inúmeros julgamentos porque os médicos
achavam que seu filho havia sido estuprado por alguém da família. Um dos médicos ficou horrorizado com o equívoco e disse que Enry tinha Síndrome de Fournier, uma doença extremamente grave.
Enry teve 16 paradas cardíaca e acabou falecendo.

Siga a Mari no Instagram:
www.instagram.com/marianakupfer

Quem já comprou o livro? Corre pra garantir o seu!
O link está abaixo, CORRE:
http://bit.ly/2VrEbLs

Nos siga nas redes sociais:
instagram.com/amarmaternidade
facebook.com/amarmaternidade

Produção: @tencyproducoes
Digital: @beesocial.br ⠀

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *